Choose your region

Eastern Europe
Northern Europe
Australia / New Zealand
or choose our
SEARCH
REGION: BRAZIL

20/02/2018 | Berlin

A digitalização aumenta a necessidade de qualificação nos serviços de saúde

• Habilidades digitais como competência fundamental no setor de serviços de saúde
• Os prestadores de serviços de saúde podem obter ganhos significativos e aumentar sua competitividade com o treinamento de seu quadro de funcionários
• A CHG-MERIDIAN apoia o Índice Digital D21 e analisa seu impacto em investimentos em serviços de saúde



Berlim, 20 de fevereiro de 2018

Além da contínua e urgente necessidade de investimento em serviços de saúde na Alemanha, o mais recente estudo Índice Digital D21 identificou um novo desafio para o setor: a revolução digital vem, aos poucos, se impondo na sociedade alemã. Portanto, é de suma importância que os prestadores de serviços de saúde tomem medidas para garantir que suas habilidades digitais e as de seus funcionários estejam preparadas para o futuro. Esta é uma das revelações do Índice Digital D21 2017/2018 (http://initiatived21.de/publikationen/d21-digital-index-2017-2018/).

A Iniciativa D21 é a maior rede sem fins lucrativos da Alemanha para a sociedade digital, consistindo em representantes da indústria e do comércio, políticos, acadêmicos e organizações da sociedade civil. A CHG-MERIDIAN, como fornecedora de serviços de gestão e financiamento de tecnologia, é, mais uma vez, parceira do estudo Índice Digital D21. Com base nas últimas descobertas da pesquisa, a CHG-MERIDIAN vem analisando o impacto do uso crescente das tecnologias digitais sobre os serviços de saúde. O foco é como as novas tecnologias vêm modificando a forma como as pessoas trabalham em sistemas de serviços de saúde, e como isso resulta na demanda por novas habilidades e treinamento.

Maiores expectativas de expertise digital e um conhecimento tecnológico básico

O setor de saúde alemão pode estar muito longe da visão do Health 4.0, mas ainda assim a revolução digital promoveu uma mudança fundamental nos sistemas de saúde, tanto em termos de possibilidades, como no que tange a métodos de trabalho. Inteligência digital e expertise interdisciplinar em tecnologia e medicina são, cada vez mais, habilidades imprescindíveis para médicos, enfermeiros, gestores e equipes hospitalares. Com isso, ter confiança no uso de novas tecnologias e vontade de aprender para a vida toda passarão a ser pré-requisitos para uma carreira de sucesso na área de saúde.

“Os prestadores de serviços de saúde têm que se empenhar em auxiliar seus funcionários a utilizar as tecnologias digitais se quiserem garantir sua competitividade no futuro. Os funcionários ainda estão, em sua maioria, aprendendo habilidades digitais sozinhos, fora do trabalho. Agora, as empresas precisam se concentrar em desbloquear esse potencial", afirma Peter Krause, Chefe de Vendas do Setor de Saúde da CHG-MERIDIAN.

Multiplicar as habilidades digitais proporcionando ambientes de trabalho digitais para os funcionários

Como comprova o Índice Digital, as pessoas estão, de fato, cientes da existência do "ambiente de trabalho digital", isto é, da capacidade de trabalhar de qualquer lugar utilizando dispositivos conectados. Por exemplo, um a cada cinco respondentes agora trabalha em uma equipe virtual que não conta com uma base específica. O teletrabalho também vem ficando mais atraente, e apenas 20% dos entrevistados disseram que não estar interessado nessa experiência. Medos de que o trabalho móvel poderia resultar em uma maior carga de trabalho geral também estão em declínio (queda de 5 pontos percentuais). Em geral, aqueles que responderam à pesquisa consideram a digitalização definitivamente como benéfica para suas carreiras e, especificamente, para novas oportunidades profissionais em seu setor.

Soluções personalizadas para dispositivos e sistemas portáteis podem ajudar os prestadores de serviços de saúde a investir no treinamento de habilidades e no desenvolvimento contínuo de seu quadro de funcionários. O uso de novas tecnologias na esfera privada permite que médicos, enfermeiros, gestores e outras equipes hospitalares se familiarizem com novos tópicos, aplicações e tendências em seu próprio ritmo. Um Programa de PC de Funcionários, no qual a empresa disponibiliza os mais recentes dispositivos de comunicação para uso de sua equipe, é uma Solução Benéfica para a Empresa que pode melhorar as habilidades digitais e promover o teletrabalho.

O desenvolvimento de competência digital também pode liberar ganhos de eficiência no trabalho médico diário, e os programas de funcionários podem aumentar a atratividade das prestadoras de serviços de saúde como empresas inovadoras. Em outras palavras, promover as habilidades digitais do quadro de funcionários pode proporcionar vantagem competitiva.

Downloads

  • 01-2018_CHG-MERIDIAN_Comunicado Imprensa_D21-Índice digital (PT)

    docx, 88 KB
  • 01-2018_CHG-MERIDIAN_Comunicado Imprensa_D21-Índice digital (PT)

    pdf, 161 KB

CHG-MERIDIAN: A Empresa

CHG-MERIDIAN é uma das empresas líderes entre os prestadores independentes de serviços de gerenciamento de tecnologia para o setor de TI, industrial e da saúde. Com cerca de 900 funcionários, a CHG-MERIDIAN oferece aos clientes suporte abrangente para sua infraestrutura tecnológica – incluindo desde consultoria, serviços financeiros e operacionais, até serviços de recomercialização de equipamentos em seus dois centros de tecnologia e serviços na Alemanha e Noruega. A CHG-MERIDIAN oferece gerenciamento eficiente de tecnologia para empresas de pequeno, médio e grande porte, e também para órgãos governamentais. Atualmente, ela atende mais de 10.000 clientes ao redor do mundo, gerenciando investimentos tecnológicos que ultrapassam mais de € 4,6 bilhões. O Sistema de Gestão Tecnológica e de Serviços TESMA® online oferece a mais de 15.000 usuários transparência absoluta no gerenciamento de tecnologia. A Empresa tem escritórios em 35 endereços espalhados por 22 países; sua sede fica na cidade de Weingarten, no sul da Alemanha.

Efficient Technology Management®